Prefeitura quer responsabilizar proprietários de imóveis