Atletas francisquenses disputam mundial de Muay Thai na Argentina

A presença dos atletas na competição vai projetar São Francisco do Sul no cenário internacional de artes marciais

A presença dos atletas na competição vai projetar São Francisco do Sul no cenário internacional de artes marciais

 

Os atletas francisquenses Davi Chranuik, 17 anos, e Rico Pibernat, 31 anos, estão a caminho da Argentina para disputar o título mundial através da União Internacional de Artes Marciais Americanas (UIAMA). Cerca de 1.500 atletas de diveras modalidades como Muay Thai, Kickboxing, Boxe, Karatê, kung fu, MMA, etc.

 

A presença dos atletas na competição servirá para projetar a cidade no cenário internacional de artes marciais. Para se ter uma ideia da magnitude do evento, ele já contou com presenças ilustres como o campeão do UFC (TUF Brasil 3) Antônio “Cara de Sapato” Júnior.

 

Davi é o mais experiente e, também, o mais novo. Ele treina há quatro anos e já disputou o campeonato brasileiro, quando foi selecionado para participar do Mundial da Tailândia, a terra do Muay Thai.

 

Rico Pibernat é parceiro de treinos de Davi. Pibernat lutou no Boxe e no MMA. Mas esteve afastado dos ringues durante alguns anos. O atleta de 31 anos de idade vê no mundial de Buenos Aires uma oportunidade única de se projetar no mundo das lutas e representar São Chico a nível internacional.

 

Os dois treinam na academia Pit Bull/World Strong e tem como incentivadores o professor de faixa preta de Muay Thai, Jiu Jitsu, Capoeira entre outras modalidades, Rony Peterson.

Em março de 2013 foi quando começou a história do Folha Babitonga na versão impressa. De lá para cá muita coisa mudou e o jornal buscou se adequar as novas mídias. Por isso, em março de 2019 entramos em uma nova era. O Folha Babitonga tem se destacado pela produção de conteúdos próprios e focados em São Francisco do Sul. Para manter este trabalho, estamos realizando a campanha de contribuição. Sim. Os conteúdos permanecerão de acesso livre a todos os leitores.  Faça uma contribuição para nos ajudar a entregar um jornalismo comprometido com São Francisco do Sul e independente. Apoie o Folha Babitonga a partir de R$ 10. Obrigado.