Boosters: equipamentos colaboram para melhorar abastecimento de água

Boosters: equipamentos que auxiliam na distribuição da Águas de São Francisco do Sul

 

A tecnologia é um fator importante de melhoria no abastecimento de água. Entre as ferramentas utilizadas pela equipe da Águas de São Francisco do Sul estão os boosters, equipamentos que regulam a pressão e melhoram a distribuição de água, principalmente em regiões mais altas ou distantes de grandes adutoras. Hoje, a cidade possui sete boosters, que atendem Água Branca, Acaraí, Paulas e Rocio Pequeno.

 

O gerente de operações da Águas de São Francisco do Sul, Gabriel Buim, explica que a definição dos pontos para instalação ocorre em um processo que envolve diversos dados e a modelagem hidráulica da rede de distribuição, por meio de um software específico. “Este trabalho de inteligência é muito importante para que possamos ter uma definição exata do local e garantir os melhores resultados”, aponta o gerente.

 

Buim esclarece ainda que o funcionamento dos boosters é controlado 24 horas por meio do Centro de Controle Operacional (CCO). “Acompanhamos as pressões para verificar a necessidade de ampliar ou reduzir o funcionamento das bombas. Este monitoramento é constante e, por meio do CCO, pode ser feito de forma remota”, conclui.

 

Em março de 2013 foi quando começou a história do Folha Babitonga na versão impressa. De lá para cá muita coisa mudou e o jornal buscou se adequar as novas mídias. Por isso, em março de 2019 entramos em uma nova era. O Folha Babitonga tem se destacado pela produção de conteúdos próprios e focados em São Francisco do Sul. Para manter este trabalho, estamos realizando a campanha de contribuição. Sim. Os conteúdos permanecerão de acesso livre a todos os leitores.  Faça uma contribuição para nos ajudar a entregar um jornalismo comprometido com São Francisco do Sul e independente. Apoie o Folha Babitonga a partir de R$ 10. Obrigado.