Coluna Joel Machado: Bolsonaro – Por falta de aviso é que não foi

Joel Machado ou Christovam Jr. J.M, é um dos colunistas do Folha Babitonga

 

Você que embarcou
nesse descalabro político,
é sim responsável!

 

Me recordo que durante a campanha presidencial do ano passado, as pessoas se engalfinhavam nas redes sociais, famílias nos almoços de domingo, colegas de trabalho nas empresas. O grupo mais aguerrido e truculento pertencia aos apoiadores dos Bolsonaristas. As pessoas não podiam ter opiniões contrárias a deles, que viravam comunistas, petistas, burro, e daí para baixo na escala da grosseria. O Mito era diferente, não comia no cocho que os outros se alimentavam, portando não haveria conchavos, favores e todas as práticas da velha política. Os ventos que uivavam nos cinco cantos do Brasil, era da nova política que não admitia rachadinhas, laranjas, roubo… e que menino era menino, menina tinha que ser menina, todo mundo vestido com as cores definidas por eles. Me lembro “Zé Ramalho” em “Admirável gado novo”, onde o refrão:

Êh, ô, ô, vida de gado
Povo marcado
Êh, povo feliz!

 

Só que, tirando aqueles extraterrestres que acreditam que a terra é plana, ninguém está feliz. A maioria das pessoas que conheço, e não são poucas, que apoiaram esse devaneio Bolsonariano estão arrependidas, se sentindo enganadas. Algumas se justificam com a falta de opção ao petismo, o que não é verdade. Vale frisar que: Você que embarcou nesse descalabro político, é sim responsável!

 

Nosso Presidente e sua família, nos causam enjoos. Todos os dias do seu mandato tem bobagem saindo da boca dessas pessoas. Quando não duas, três, quatro tolices no mesmo dia. O que fica muito claro é que eles não tinham projeto de governo, o que eles têm sim muito forte é a ferocidade para defender as porcarias que sugerem. Esse grupo ainda não desceu do palanque, já está pensando na reeleição, e atacam todos que de alguma forma, possam atrapalhar o desejo de poder.

 

São ataques gratuitos, vejam o que eles falam para o “Quindim Doce”, governador de São Paulo. E com o apresentador “Nariz de Túnel de Vento”?

 

E a Plantação Social de Laranjas(PSL), hein?!?!?

 

Com sua política, na busca incessante de abocanhar a maior parte possível das verbas PÚBLICAS para financiar as campanhas dos extraterrestres, que serão candidatos nas eleições de 2020, para prefeitos e vereadores, partiram para baixaria, onde nós, impávidos, fomos os telespectadores.

 

A briga entre os Bolsonaros e seus seguidores com o presidente da Plantação Social de Laranjas, Luciano Bitar e seus extraterrestres, pela divisão do butim, é patética. A soma da lista que apoia Bitar na presidência do partido somada a lista dos Bolsonaros que apoiam Eduardo Bolsonaro, é maior que os 52 Extraterrestres que estão na Câmara de Deputados eleitos pelo partido.

 

Estou pensando seriamente em cancelar a TV a cabo, o Netflix, e todo o resto. Só vou ficar com a internet para ter acesso ao Reality Show proporcionado por esse bando que se intitula “Nova Política”.

 

Está arrependidinho? Faça sua mea-culpa, bata no peito e diga para você no seu subconsciente: Putz, fiz merda! Agora é tarde.

 

Você tem que entender que não tem milagre, jogamos na lata do lixo da história, mais 4 anos que nosso país necessitava avançar. Já tivemos aventureiros como Collor de Melo, Dilma Rousseff, entre outros…

 

E por último, mas não menos importante: Alguém sabe o que anda fazendo Barack Obama?

 

O salário do cargo é bom, tem os penduricalhos como motorista, segurança, verba para aqueles ternos com fino corte, clima é ameno. Vamos buscar headhunter para sondá-lo!

 

Assim como o técnico da seleção brasileira tem que ser um estrangeiro, entendo que o Presidente da República também tem que ser. Vamos fugir dos loucos daqui!

Em março de 2013 foi quando começou a história do Folha Babitonga na versão impressa. De lá para cá muita coisa mudou e o jornal buscou se adequar as novas mídias. Por isso, em março de 2019 entramos em uma nova era. O Folha Babitonga tem se destacado pela produção de conteúdos próprios e focados em São Francisco do Sul. Para manter este trabalho, estamos realizando a campanha de contribuição. Sim. Os conteúdos permanecerão de acesso livre a todos os leitores.  Faça uma contribuição para nos ajudar a entregar um jornalismo comprometido com São Francisco do Sul e independente. Apoie o Folha Babitonga a partir de R$ 10. Obrigado.